Facebook e Google lançaram ferramentas de identificação e restrição

 

As empresas Facebook e Google lançaram ferramentas de identificação e restrição de notícias falsas em suas plataformas. As medidas são a mais nova resposta das plataformas às críticas sobre a propagação de publicações falsas para uso comercia

Categoria: Rede Social

  • Cliecom
  • Postado: 24/05/2017 às 10:24:14

Nos dias, 6 e 7 de abril, as empresas Facebook e Google lançaram ferramentas de identificação e restrição de notícias falsas em suas plataformas. As medidas são a mais nova resposta das plataformas às críticas sobre a propagação de publicações falsas para uso comercial que são amplamente compartilhados na internet.

Desde então, usuários de 14 países, Brasil incluso, quando abrem o Facebook, veem um link para a Central de Ajuda da rede social, no qual há instruções para ajudar a discernir notícias apuradas de falsas. Segundo essas dicas, o usuário deve checar a URL da fonte e buscar o mesmo relato em outros sites. A medida foi aplicada em conjunto com a First Draft, uma organização sem fins lucrativos que ensina como encontrar, verificar e publicar conteúdo verdadeiro.

Já o Google utiliza tecnologia do Jigsaw, empresa-irmã debaixo do guarda-chuva da Alphabet. Essas ferramentas ajudam a verificar postagens disponíveis na aba “Notícias” do mecanismo de busca. Quando se procura alguma notícia, o usuário vê logo após a manchete o que a matéria diz, a fonte e a classificação dela (verdadeira ou falsa). O serviço já funcionava desde outubro em alguns países, mas foi viabilizado globalmente no dia 07 de abril. Entretanto, a empresa alertou que o recurso pode não cobrir todas as publicações e disponibilizar classificações contraditórias para a mesma notícia. A empresa alega que trabalha para evitar tais falhas.

Fonte: www.meioemensagem.com.br